Como organizar sua carteira

Da outra vez que escrevi sobre carteiras, no artigo de 2007, também comecei lembrando da carteira do George Costanza, do seriado Seinfeld. Se você não assistia, eu vou contar: ele guardava nela, entre outras coisas, recibos, cupons, cédulas de outros países e todas as suas receitas de medicamentos. Mesmo assim, ele insistia em levá-la sempre no bolso de trás. Até que um dia ela explodiu.

Organizar a carteira não é tão difícil, mas mantê-la organizada a longo prazo é. Pulando rapidamente as dicas do artigo anterior (usar uma carteira menor, arquivar em local apropriado as coisas que não precisam andar com você, jogar fora o que não precisa ser guardado, ter um porta-retratos ;-) ), vamos a mais algumas dicas rápidas:

  • Leve só as identificações necessárias: a sua carteira de motorista provavelmente serve para legalmente identificar você na maioria das situações, e tem fé pública - portanto serve para comprovar também seu RG e CPF, se eles constarem nela. Leve consigo outros documentos de identidade (como o RG, carteira de conselho profissional, etc.) só se for precisar deles! Porte outros documentos, como o certificado de licenciamento de veículo, nos casos em que houver exigência legal. Portar a carteira do seu plano de saúde também pode valer a pena.
  • Tenha um arquivo pessoal seguro, organizado e de fácil acesso: muitos documentos e cartões são usados apenas raramente, e em situações previsíveis. Deixe no arquivo, e longe da sua carteira, a sua certidão de nascimento, carteira de trabalho, certificado de reservista, CPF, título de eleitor, comprovantes de votação, certidões diversas, certificados de conclusão de cursos, um segundo cartão de crédito, folhas de cheque excedentes, etc.
  • Tenha um porta-cartões fora da carteira: e deixe nele aquela coleção de cartões de desconto e fidelidade que as empresas nas quais você faz compras usualmente querem que você carregue. Eu levo comigo o cartão do supermercado no qual faço a maioria das compras, e deixo na mochila, ou no carro, os demais. Se forem perdidos ou extraviados, o prejuízo é mínimo ou inexistente, e assim eu consigo localizá-los sempre que pretendo usá-los, sem ocupar espaço na carteira.
  • Não leve um bloco de cheques inteiro: essa vale até mesmo como segurança. Deixe o bloco na gaveta, e leve consigo apenas uma ou duas folhas, juntamente com o respectivo canhoto. Atualize diariamente, e use as folhas seqüencialmente, pois assim você terá chance de saber quais folhas bloquear em caso de perda ou roubo.
  • Não leve vários cartões de crédito ou de banco: Se possível, leve apenas um, ou reduza o número ao mínimo. Além de favorecer a consolidação das suas operações financeiras, assim você reduz o volume e aumenta sua segurança.
  • Tenha uma segunda carteira em casa: se você tem medo de que os cartões e documentos excedentes possam se extraviar, arranje uma segunda carteira e mantenha tudo nela, em um local seguro da sua casa.
  • Faça um bom backup: tire uma foto, ou copie em um multifuncional (não faça isso fora de casa) de todos os documentos e cartões que você leva na carteira, com nitidez suficiente para ler tudo o que aparece tanto na frente como no verso. Se um dia você perder sua carteira, ou ela for roubada, você saberá rapidamente os telefones das operadoras de cartão, do seu banco, e os números de tudo que você precisará bloquear.

Assim você pode ganhar tanto espaço, que talvez até passe a caber um Swisscard Lite na sua carteira. E agora é a vez de vocês: quais as suas dicas para manter a carteira bem administrada?

Leia também:

Comentar

Comentários arquivados